18/11/2010

António José Comando - "O Sobrevivente"

António José Comando - "O Sobrevivente"
Reportagem SIC
"À procura da família do menino mascote!"
«O Sobrevivente» conta a história de António Comando e passa hoje no «Esta Semana»
M.J.C.
A história de António Comando já é conhecida. O menino moçambicano viu a mãe morrer à sua frente com um tiro disparado de espingarda portuguesa e ficou a olhar para os 20 homens armados à sua frente, sem chorar. Os comandos tiveram pena do pequeno órfão, levaram-no para o quartel e perguntaram-lhe o nome. António, agora António José Comando, tinha três anos e fez a tropa como um homem crescido, com direito a farda e rancho à mesa com os furriéis. E, quando a companhia regressou a Portugal, fez a viagem com eles.
O jornalista Daniel Cruzeiro quis contar a história deste homem, que, como ele próprio diz, gosta dos homens que lhe mataram a mãe, mesmo sabendo que é um paradoxo. A reportagem sobre "O Sobreviente", com imagem de Carlos Santos e montagem de José Ribeiro da Silva, é exibida hoje no programa «Esta Semana», no qual Margarida Marante entrevista também Jardim Gonçalves.
A reportagem recupera imagens de combate cedidas pelo Exército português e recolhe depoimentos dos elementos da Nona Companhia de Comandos, João Vacas de Carvalho, Júlio Ribeiro Oliveira, Luís Gonzaga, Pinheiro Feio, José Barreto, Mário Pimentel e José Barreto recordam os meses que passaram com o menino, os seus primeiros sapatos, a cantilena que ele entoava de cor sem saber o que dizia. Em Portugal, António viveu num orfanato e juntou-se depois à família de Luís Gonzaga, o seu «segundo» pai.
E é com a câmara da SIC que António Comando regressa, 30 anos depois, a Moçambique e reencontra o seu verdadeiro pai.
A reportagem transforma-se então em «Ponto de Encontro», com lágrimas e abraços em exclusivo para a SIC, entidade promotora da viagem e da união da família. E as memórias da guerra apagam-se, quando António, o seu pai e o ex- comando Luís Gonzaga se abraçam e ajoelham perante a campa da mãe de António. Faz-se a paz mediática, 30 anos depois da guerra.

3 comentários:

Graça Pereira disse...

Feliz Natal e um Ano Novo muito prometedor.
Beijo
Graça

Abuela Ciber disse...

Deseo que este año que comienza te regale todas ellas!!!!!!!!!

Tres cosas irrevocables para la Vida son:Tiempo…Palabras…y Oportunidades

Tres cosas que no debes negarle a tu Vida son …Serenidad …Honestidad …Y Esperanza …

Tres cosas que son tu Elección …Tus Sueños …Tu Exito …Y tu Destino …

Tres joyas que se tienen en la Vida son…Amor …Autoestima …y Verdaderos Amigos …

Buen año 2011 para ti y tus seres queridos !!!!!!!

Amapola disse...

FELIZ 2011!!!

UM GRANDE ABRAÇO.